Notícias
O que deve saber sobre o mercado imobiliário
Notícias
Voltar \ Portugal e Espanha jutam forças online para conquistarem mais turistas

Portugal e Espanha jutam forças online para conquistarem mais turistas

02 fev 2015
Portugal e Espanha jutam forças online para conquistarem mais turistas
Os dois países vão assinar um acordo de...
"Para os turistas de mercados longínquos, que gostam de colecionar países nas suas viagens, Portugal e Espanha são destinos que combinam um com o outro. E para mercados longínquos faz sentido que nós trabalhemos, não enquanto destino Península Ibérica, mas enquanto dois destinos combinados, com as suas especificidades e individualidade", adiantou à agência Lusa o secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, à margem da inauguração do stand de Portugal na Feira Internacional de Turismo de Madrid.

O tema foi abordado num encontro bilateral entre o ministro da Economia, António Pires de Lima, e o ministro da Indústria, Energia e Turismo de Espanha, José Manuel Soria, e será, novamente, aprofundado numa reunião dos secretários de Estado com a tutela no próximo mês. 

"Dentro de duas semanas temos uma reunião na qual poderemos formalizar melhor essa cooperação", adiantou Adolfo Mesquita Nunes. 

O secretário de Estado, que tal como o ministro Pires de Lima, esteve presente na FITUR, disse que "Portugal iniciou há dois anos uma mudança significativa da sua estratégia de promoção, apostando no marketing digital e nas ferramentas do marketing digital". 

Na prática, essas ferramentas permitem que - mediante um pagamento das agências de promoção de turismo aos grandes motores de busca - o destino Portugal apareça nos primeiros lugares numa busca por "férias praia" no Google ou que um turista receba informação sobre Portugal quando busca por outro destino. Ou seja, permitem "contactar com turistas que nem sequer estavam à procura do destino Portugal". 

"Um turista francês procura 'Férias em Espanha' no Google é detectado pelas nossas ferramentas e durante um mês 'perseguimos' esse internauta com anúncios a Portugal até o pôr a considerar as férias em Portugal", explicou Adolfo Mesquita Nunes. 

O secretário de Estado considerou que "o futuro da promoção do turismo passa por essas ferramentas", que se destinam "a promover o destino Portugal à nova geração Y, aqueles que estão conectados 24horas por dia". 

O governante declarou que Portugal "começou primeiro que os espanhóis nesse caminho do marketing digital" e que alguns dos seus instrumentos estão mais aperfeiçoados do que os de Espanha, que Lisboa continua a considerar "um concorrente geográfico". A ideia de trabalho junto de Espanha visa "ganhar escala e dimensão na promoção" junto de mercados como a China, o Japão ou a Coreia do Sul. 

"A ideia é fazê-los passar por Lisboa, mas também por Madrid. Pelo Alentejo e pela Andaluzia. Ganhar escala em mercados longínquos, com turistas que demoram muitas horas a chegar até aqui e que gostam de ficar mais de uma semana", concluiu. 

A Fitur - um dos maiores eventos do género na Europa - decorre até 1 de Fevereiro na capital espanhola.

Veja Também